sábado, 14 de fevereiro de 2009

Dicas Picadinhas!

Oi amigas e amigos!!

Hoje finalmente fiz um mix das milhões de dicas que recebi da GO, amigas e parentes!!

Claro que temos mais umas 200 dicas! Vou escrevendo aqui conforme for lembrando! Tenho certeza de que elas serão bem valiosas pra todas nós, mamães de primeira viagem!!

Posições para dormir:
De bruços, não dá!
De barriga pra cima, não pode
Do lado direito, melhor evitar
Do lado esquerdo, esta é a melhor escolha!!
Experimentem colocar um travesseiro entre as pernas. Eu achava isso a maior besteira, mas realmente alivia a coluna. Melhor até do que apoiar a barriga!!

Escolha do carrinho – esta foi minha primeira dúvida conceitual!!
Um carrinho que é bom pra mim, pode ser horrível pra outras mães. Pense bem na sua situação de rotina. Considere os seguintes pontos na hora de escolher:
- Você dirige? Vai sair muito sozinha com o bebê? Então pode ser interessante ter um sistema integrado de carrinho com bebê-conforto. Mas lembre que você vai ter que abrir e fechar a tralha com uma só mão e depois enfiar o trambolho no porta-malas. Teste todos os modelos até encontrar um que você consiga manusear, que caiba no seu carro – e que tenha um peso razoável.
- Mora perto do mar? Então considere a estrutura de alumínio e estofamentos que se soltam com facilidade e podem ser lavados.
- Calçadas esburacadas? Pense no tamanho das rodas e do próprio carrinho. Ruas estreitas e mal cuidadas são a triste realidade de muitas cidades no Brasil. E carrinhos americanos enooooormes e confortáveis são projetados para as lindas calçadas largas e lisinhas de lá – infelizmente!!

Para os cuidados com o bebê:
Quando peguei uma lista de enxoval pela internet, me assustei com uma série de itens. Acho que agora consigo compreender melhor a maioria deles hehehehehe!!

- Kit higiene, é essencial. Eu achava que era só passar higiapele ou um desses paninhos úmidos. Mas os bebês pequenos têm alergia a estas coisinhas. Todas as mamães com quem conversei defendem a garrafa térmica com água, pelo menos nos primeiros meses. Depois de um tempo podemos começar a introduzir os paninhos. O papel Bumbum, da Johnson, foi o mais elogiado, seguido pelo da Pampers.

Quanto às pomadinhas, ouvi coisas boas sobre o Bepantol e também sobre o velho e bom Hipoglós. Mas também há mães que fazem uma massinha com maisena. Não sei a receita exata, mas dizem que é um espetáculo! Affff!!

Fraldas!!
O ideal é comprar um pouquinho de cada marca, pois cada bebê se adapta melhor com um modelo!!!
As fraldas para recém-nascido parecem ser uma boa opção nos primeiros dias, porque tem uma abertura para o umbiguinho!! Vou testar, com certeza!
Uma dica valiosa é não usar fraldas noturnas nos primeiros meses. Os bebês precisam ser trocados muitas vezes à noite. E aí é aquele desperdício de fralda! Vamos deixar pra investir nestas mais carinhas quando eles já estiverem dormindo períodos maiores!!

Acessórios de higiene:
- Faixa pra umbigo – não se usa mais
- Fita crepe – também não usa mais!!!
- Kit para cortar e lixar unhas – acho que esta parte é a que mais me dá pânico!!! – todo mundo acha ótimo, mas cada um se adapta melhor de um jeito. Algumas mães preferem a tesourinha, outras usam mais o cortadorzinho... É preciso testar mesmo!
- Aspirador nasal – aquele que parece um conta-gotas – todo mundo diz que usa muuuito!!
- Termômetro para banheira – só tem utilidade nos primeiros dois ou três banhos. Depois perdemos o medo e não usamos mais!! Aliás, aprendi que a melhor maneira de testar a temperatura da água é colocando o cotovelo dentro da banheira. As mãos são mais resistentes à temperatura e podem nos enganar. O cotovelo é delicado e sente a temperatura com mais exatidão!! Eu comprei nos EUA um patinho que, além de ser brinquedo de banheira também avisa se a mamãe tentar fazer canja do neném hehehehehehe!!! Ainda não testei!!
- Termometro para bebê – todo mundo diz que o melhor é aquele que você coloca no ouvidinho e em 3 segundos sai o resultado. Não é fácil manter um bebê paradinho por mais tempo, mesmo que ele esteja com febre!!
- Toalhas com capuz – indispensáveis!! É preciso ter umas 4. Vixe!! Acho que só tenho uma!!
- Talco – Não se costuma mais usar!!
- Bolsa de água quente – eu achava uma loucura, mas fiquei sabendo que a bolsinha é bem útil na hora das cólicas!!! Comprei uma em formato de ursinho, que pode ir até no microondas!! Vixe!

A escolha da bolsa:
Esta é uma dica que eu segui e acho que não vou me arrepender. O melhor é que a bolsa do seu bebê combine mais com você e com o papai do que com ele. Afinal de contas, são vocês que vão usar aquele trambolho pendurado no ombro pra lá e pra cá. Comprei uma bolsona marrom, com detalhes verdinhos. Nem parece bolsa de bebê, mas lá dentro tem porta-mamadeiras, milhões de bolsos e um colchãozinho ótimo pra trocas!

Pra quê tanto pano???
Fraldas e boca e fraldas maiores são indispensáveis. A gente usa pra tudo a toda hora. Vale à pena comprar de marcas boas, porque elas são lavadas quase todo dia. Se for coisa fraca, vira pano de chão na terceira volta!!

Almofada para amamentar:
Algumas mães se ajeitam muito bem com um travesseirão mesmo. Outras não abrem mão de suas almofadas específicas... Cada um é de um jeito!! Só vamos saber na hora H!

Rolinho segura-bebê:
Sabe qual é? Aquele pro bebê não virar no berço!! Todo mundo elogia este acessório, mas dizem também que existe um modelo em formato de triângulo, que é ainda melhor do que o de dois rolinhos. Ainda não comprei!

Mamadeiras... Comprar ou não comprar??
Claro que eu pretendo amamentar o Tiago por uns 14 anos hahahahaha!! Mas achei melhor comprar algumas mamadeiras, pra já ter aqui no estoque quando precisar. As amigas me recomendaram comprar de dois a três kits daqueles com uma pequena, uma média e uma grande.

Outra dica foi a mamadeira da Nuk que tem dois andares. A água fica no compartimento de baixo e o leite em pó fica em cima. Na hora de mamar, é só sacudir e tudo se mistura. Parece bom, né? Ainda não comprei desse tipo!

Também me disseram que existem uns potinhos com três divisórias, onde você coloca a quantidade certinha de leite em pó para as mamadeiras. Parece bem prático, né?

Quanto aos bicos, nunca imaginei que existisse uma variedade tão grande de tipos!! Comprei todos ortodônticos e de silicone, alguns para fluxo pequeno, outros pra fluxo maior... Tem até uns bicos com furo em forma de cruz, que são para quando o conteúdo da mamadeira tem partes sólidas, tipo pedacinhos mesmo. Aí tem que ser esse... Meu Deus! Que complicado!!

Para manter tudo limpo, o tal esterilizador de microondas parece ser unanimidade entre as mães. Ainda não comprei, mas acho que não tem escapatória hehehehehe!!!

Enxoval – algumas dicas:
- Anote tudo o que for comprando, catalogando por tamanho. Assim você evita de comprar mais do que já tem e deixar o bebê sem alguns itens essenciais!!
- Calças compridas e macacões – prefira os sem pezinho, ou com aquele pezinho que vira. Os bebês aumentam rapidinho de tamanho e perdem logo as peças com pezinho fizo.
- Golas sempre fáceis de enfiar pela cabeça, please!
- Para dormir, encontrei uns camisolões que achei maravilhosos! Não conseguia me imaginar abotoando 12 botõezinhos de madrugada, com pouca luz e muito sono. As camisolas parecem um body por cima, mas são retas e longas, com elástico embaixo. Assim o bebê fica com as pertinhas soltas, mas bem agasalhadas. E a gente tem a maior facilidade de trocar durante a noite!
Tem também um outro modelo que parece um saquinho com alças. Gostosinho demais!!! Se eles forem mesmo tão práticos quanto parecem, eu juro que aviso!!
- Meias – procure as de cano mais altinho, que se fixam melhor nas perninhas sem apertar muito. Impressionante como bebê tira meia com facilidade!
- Sapatinhos – os de amarrar ajudam bastante na difícil tarefa de segurar as meias no devido lugar!


Ufi!! Até que lembrei de bastante coisa, hein?
Bom poder ir registrando tudo aqui, até pra eu mesma não esquecer na hora do vamovê!

Estou aguardando as dicas das mamães estreantes que passam por aqui, hein?
Muitas já estão escoladéééérrimas!! Então, tratem de dar uma ajudinha às despreparadas aqui hahahahahaha!!!

Beijocas e saúde sempre!!

3 comentários:

Iara disse...

Olá! Também sou mãe de primeira viagem, mas já estou nessa estrada a 3 anos e alguns meses . . . Mas quando a Beatriz estava para nascer, também fiquei louca com a quantidade de coisas que tinha na lista de enxoval, eu precisaria comprar e conhecer muita coisa, a novidade é tanta, que acabamos por nos perder no meio de tanta "tecnologia" rsss.
Vou dizer uma coisa vocês podem me achar louca a princípio, mas depois me entenderão, na realidade nada mudou muito desde a época que nossas avós tiveram seus bebês. Isso falando do básico é claro. Nos três primeiros meses, são basicamente mamãe - bebê 24 horas por dia. Então uma coisa que deu suuper certo comigo e foi assim instintivamente, coloquei a Bia para dormir do meu lado no carrinho(na cama não pode, pois sem querer o maridão não se lembra do filhote e pode rolar por cima dele - é verdade), de madrugada ela resmungava e eu já assentando, pelo menos tentando, rsss com a barriga costurada esse simples movimento demanda um certo tempo! ufa! Bom aí vc já pega aquele pacotinho dá de mamar e põe pra arrotar, e coloca o pacotinho novamente no carrinho; se por acaso fizer cocô, você desembrulha o bebê e troca a fraldinha (noturna! sim), e se a fraldinha vazar claro você também troca, fora isso quanto MENOS você saculejar o pimpolho durante a noite, melhor ele se adapta, pois se todas as vezes que ele acordar você der mamá e trocar a fralda ele acaba excitando e demorando para dormir. Eu fiz da minha mesinha de cabeceira um armário rsss tinha de tudo, garrafa térmica, algodão, Bepantol (a melhor pomada que existe!) Bia nunca ficou assada, agora o Hipoglós é fogo pra despregar do bumbum do neném na hora de limpar!, aí tinha mais roupinhas caso ela se sujasse durante a noite, fraldinha para a boquinha, álcool absoluto para o umbigo (deve ser usado a cada troca de fraldas), ah já ia me esquecendo! Tem uma almofada que chamam de perna de boneca, pois realmente parece uma perna de boneca de pano, para colocar o bebê reclinado na cama é ótimo, pois ele não tem como rolar e cair, e ainda o deixa mais assentadinho no caso de regurgitar ele não engasgar e sufocar, lembrem-se de SEMPRE que colocar o bebê para dormire independente se mamou ou não e se arrotou ou não, ele deve ser deitadinho de lado e com um apoio nas costas! Por favor! Isso evita passarmos por alguma situação não desejada, ok?!Outro ponto positivo de colocar o bebê para dormir do nosso lado é que ficamos assim meio que galinha de pintinho novo sabe, qualquer barulhinho que ele faça, estamos lá para olhar, mesmo com a babá eletrônica, alguns sons nos confundem, depois de alguns meses que você já estiver calejada com os sons do seu bebê, aí sim pode confiar na babá.
Agora voltando lá no início quando eu disse que algumas coisas não mudaram muito desde o tempo de nossas avós, é que por mais que os médicos digam, que divulguem pesquisas quando se trata da alimentação durante a amamentação, eles falam que pode comer de TUDO! Mentira! Na época das vovós já diziam que comer carne de porco atraza a cicatrização e racha o peito, couve dá cólica no bebê, chocolate, pimenta, feijão preto e carne mal passada, não pode também não. Agora uma tacinha de vinho do Porto ou uma Malzbeer (acho que é assim que escreve) pode e deve, pois nos dá uma relaxadinha e ajuda o nosso leitinho descer com mais facilidade. Mais uma dica; desde o primeiro dia que você estiver em casa com o bebê, faça tudo para começar a mostrar pro bebê o que é dia e o que é noite. Durante o dia nada de fechar janela e escurecer o quarto pro bebê dormir, ele tem que conhecer a claridade do dia e a escuridão natural da noite. Isso vale também para os barulhos do dia e da noite. Um abajur no quarto é bem proveitoso rsss. O patinho para a água do banho é bom sim, pois mesmo colocando o cotovelo na água podemos nos enganar. Aproveitando do assunto banho, na maternidade me ensinaram a colocar o bebê de costas na banheria para lavar a frente primeiro e depois virar e lavar as costa. Acontece que isso não estava dando muito certo não, Bia dava um treco na hora do banho, pois acho que ela tinha a sensação de estar caindo, sabe quando sonhamos que estamos caindo e acordamos assustados? Então, minha mãe um dia a colocou de bruços no braço e começou o banho pelas costas, e Bia não chorou mais, mas cada um pode reagir de uma forma diferente, observe.
Acho que por hoje tá bom né rsss desculpe-me a falta de concordância em alguns trechos, pois estou escrevendo e tentdo me lembrar das coisas que deram certo para mim, e ainda tentando fazer Bia se desgrudar de mim um pouco! ufa! E assim que me lembrar de mais algumas dicas, e se você quiser escrevo mais algumas, hehehe!!!! Ah! uma importantíssima que deve ser em primeiro lugar, lembre-se de que o seu horário agora é o do bebê, então na hora que o filhote dormir, você aproveita e catapimba na cama também, dane-se o mundo, marido que veio almoçar em casa, visita que não desconfia que durante pelo menos os 40 dias de resguardo, só a família . . . mesmo assim quando me refiro a família é pai, mãe, irmão ou irmã e no máximo cunhada e cunhado.O resto que se manque.
Vixi, me lembrei de outra coisa boa! O Túlio (meu maridão), ficava de olho nos "colinhos" que a Bia ganhava rssss eu ficava até com vergonha em algumas ocasiões, pois ele falava na lata que era para colocar o bebê no carrinho ou no bebê-conforto, pois se ficasse muito no colo ia acabar ficando manhosa e só querendo colo claro! Até seus 4 - 5 meses vai, mas depois os bichinhos vão ganhando peso e aí já viu! Dalhe coluna! Sabe aqueles bebês que só dormem no colo e sacudindo? è isso! Acho que não vai querer passar por isso não é? Bem chega! se deixar fico aqui até. . . . . Beijos e espero ter ajudado de alguma forma. Pode reduzir a lista de bebê (enxoval) pelo menos 30% é um exagero!

Flavia Oliveira disse...

Eu usei Maizena na minha filha mas não era massinha não, era só 'polvilhar' a periquita com maizena (que eu botava num pote de talco) e pronto. Só quando ficava mais vermelhinho eu usava a pomada da Welleda para troca de fraldas, que é cara porém maravilhosa! Quando ela ficou maiorzinha (e o cocô mudou, eca!) eu passei a usar só a Welleda.

Quanto as mamadeiras, não compre todos esses acessórios não. Talvez você nunca precise dar leite em pó para seu bebê pois amamentar é o melhor negócio, sempre! Minha filha só tomou mamadeira quando eu voltei a trabalhar e era do meu leite. Então eu digo com muito orgulho que nunca comprei uma lata de leite em pó na minha vida e que não sei preparar mamadeira também...rs

Se precisar, corre na loja mais próxima e compra. O problema de ter essas coisas em casa é que na hora do aperto (sei lá, um dia vc tá mais nervosa, o leite não desce direito, ou o bebê tá com sono e vc acha que é fome) a tentação de oferecer a mamadeira é grande e isso pode comprometer a amamentação.

Beijos!

Sarinha disse...

Aii Nanda quanta coisa rs
Acho que não tenho a metade ainda ai Deus
Gente a Iara ai também deu uma aula né rs
Porque isso que internet é bom
Vou anotar algumas coisas que achei interessante e preciso providenciar
Beijokitas

 

Umbigo Especial > DESIGN BY DATA ESPECIAL.COM.BR