terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

O sutiã e a faixa da parede!

Ai, amigas!!!! E amigos também!!

Estou sumida faz uns dias, por pura e simples falta de internet!! Ai como isso me irrita!!!

Acho até engraçado voltar a usar a internet em casa depois de uns dias fora do ar. Tenho a mesma sensação de quando passo por uma gripe forte, depois de ficar meio de molho por uns dias. A gente se sente fora do mundo, com tudo atrasado, um monte de coisas pra ler, escrever, conferir, procurar... Tudo parece que fica parado no tempo esperando a internet voltar – credo! Como ficamos dependentes dessa tralha!!

Bom, depois do meu desabafo básico, vamos às muitas novidades!!!! Vou tentar resumir, pra colocar o bonde nos trilhos outra vez, mesmo que isso dure vááários posts!!!

Comprei semana passada meu primeiro sutiã de amamentação. Não tenho idéia dos tipos, modelos, padronagens, etc. Mas olhei um bem simples, de algodãozinho e alças grossas – e decidi que seria uma boa comprar pra testar.

Depois de analisar os tamanhos, cheguei a conclusão de que o 46 estaria ótimo. Claro que eu fiquei arrasada de comprar um sutiã 46... E mais arrasada ainda quando cheguei em casa e descobri que esse só vai caber por um tempinho – na hora do vamovê, com o volume do leite e tudo mais... Vai rolar um 48 sem dó nem piedade. De repente até um cinquentinha... Nem quero pensar!!!

Semana passada terminamos a pintura e colamos a faixinha de parede. E aqui vai uma dica pra quem quer fazer decoração caseirinha, como a gente. Colar papel de parede não é muito complicado, mas requer bastante paciência e auto-controle – pra não encher o marido de cola e deixar ele grudado na parede!!!

A nossa faixa não era auto-adesiva. Veio com um saquinho de cola em pó e recebemos instruções para misturar aquilo com água uma hora antes da colagem. No princípio fica um grumo só, mas depois ela vai se diluindo e vira um gel transparente, bem gosmento mesmo.

O grande mistério da colagem é a quantidade de cola. No primeiro trecho besuntamos bem com pincel. Aí o papel ficou cheio de bolhas e nós sem saber se era pra tentar tirar ou deixar assim mesmo. Mas no dia seguinte a água da cola evapora e este excesso desaparece inteirinho, viu? Não se desesperem!!

Em alguns trechos optamos por colocar bem menos cola. Funciona, mas achamos que ela não ficou muito católica em alguns trechos da parede. Talvez daqui a um tempo ela comece a desgrudar em alguns pontos, mas achamos melhor deixar como está. Até porque retirar o papel é muito simples. E é possível até reaplicar, se você for com cuidadinho molhando e retirando a faixa da parede. Então deixamos pra resolver o problema quando ele aparecer de verdade! Ufa!

Seguem aqui alguns pontos importantes para quando você for colar a faixinha:

Evite dobrar a faixa nos cantos da parede. Mesmo que a gente faça um vinco, sempre fica meio altinho no ponto da quina. O melhor é medir cada trecho deixando uma pequena sobrinha para o canto. Aí você cola uma parte e depois vem com outro pedaço e cola por cima bem no cantinho, sempre lembrando de dar continuação ao desenho.

O desenho é algo bem importante, principalmente em casos como o nosso, em que a faixa traz uma sequencia de bichinhos. Observe sempre em que ponto da estampa você terminou um trecho, pra poder continuar certinho na parede seguinte.

E comece a colagem sempre dos pontos onde a faixa ficará mais visível para as pessoas. Olhando da porta, marque os pontos mais em evidência no quarto e comece colando deles. Assim você evitará de ter um desenho cortado bem naquele lugar onde todo mundo olha!!

Bom, nós conseguimos fazer um bom trabalho, salvo umas pontinhas de rabo cortadas – que só a gente percebe, claro!!! Mas acho que apesar do stress valeu à pena o esforço! O quartinho do nosso Tiago está cada dia mais bonitinho!!!

Vou fazer outro post pra falar dos últimos exames!!!

Beijos e saúde!!!

2 comentários:

Andreia disse...

Ai que delícia arrumar o quartinho!!!! Não vejo a hora dos móveis chegarem pra começar a organizar tudinho!!!!!!
Delícia né amiga???
O quartinho do Tiago deve estar um sonho!!!!!!!!!

Beijão!!!!!!!!!!

Claudia Aragao disse...

Eu imagino o sufoco para colar a faixa, uma vez fizemos isso mas com a ajuda de uma régua, passa a cola e vai esticando a faixa com a régua para não dar bolhas. Colocamos uma faixa estampada(já vem com cola) na borda da piscina e alisamos com a régua, deram algumas bolhas mas furamos com agulha, Jeitinho brasileiro.Essa aventura toda ainda mais para um filho tem valor e emoção demais. Mil beijos para vcs 3

 

Umbigo Especial > DESIGN BY DATA ESPECIAL.COM.BR